CLASSIFICAÇÕES EM CONCURSOS LITERÁRIOS

PREMIAÇÕES LITERÁRIAS

2007 - 1ª colocada no Concurso de poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2010 - Menção Honrosa no Concurso Nacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2012 - 2ª classificada no Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2014 – Menção honrosa Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2015 – Menção honrosa no V Concurso Nacional de Contos cidade de Lins;

2015 - PRIMEIRA CLASSIFICADA no 26º Concurso Nacional de Contos Paulo Leminski, Toledo-PR;

2015 - Recebeu voto de aplausos pela Câmara Municipal de Araçatuba;

2016 – 2ª classificada no Concurso Nacional de contos Cidade de Araçatuba;

2016 - Classificada no X CLIPP - concurso literário de Presidente Prudente Ruth Campos, categoria poesia.

2016 - 3ª classificada na AFEMIL- Concurso Nacional de crônicas da Academia Feminina Mineira de Letras;

2012 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - 13ª classificada no TOP 35, na 4ª semana de abril de microconto Escambau;

2017 - Classificada no 7º Concurso de microconto de humor de Piracicaba.

2017 - 24ª classificada no TOP 35, na 2ª semana de outubro de microconto Escambau;

2017 - 15ª classificada no TOP 35, na 3ª semana de outubro de microconto Escambau;

2017 - 1ª classificada no concurso de Poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2017 - 11ª classificada no TOP 35, na 4ª semana de outubro de microconto Escambau;

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

IGUAIS ?



Uma dor que sempre dói mais do que sua constância

É uma dor que não sei o quê!

Ó, dor, decifra-te logo ou,

Devora-me no peito do teu precipício.

Prevejo que não posso mais continuar

Sem interpretações.

Doo-me a dor que dói.

Mancomunamo-nos  total desempenho.

Uma latente, a outra também.
 
Querendo, continue ...
 
Rita Lavoyer

 

4 comentários:

Célia Rangel disse...

... dores físicas,
antídoto.
... dores da alma,
gotejantes.
... dores da consciência,
peso maior na vida!

Bjs. Célia.

Rita disse...

Que bonitas palavras, e a
foto deixou melhor ainda
Abraços com carinho
Rita!!!!!

Marisa Mattos disse...

Fico pensando se não é a DOR que nos move...sabe o "tal" necessa´rio espinho na carne?

Rosemary disse...

Instigante, como você, Rita! Tá muito divertido seguir o Maior Poema e conhecer gente tão linda e inspirada!