CLASSIFICAÇÕES EM CONCURSOS LITERÁRIOS

PREMIAÇÕES LITERÁRIAS

2007 - 1ª colocada no Concurso de poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2010 - Menção Honrosa no Concurso Nacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2012 - 2ª classificada no Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2014 – Menção honrosa Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2015 – Menção honrosa no V Concurso Nacional de Contos cidade de Lins;

2015 - PRIMEIRA CLASSIFICADA no 26º Concurso Nacional de Contos Paulo Leminski, Toledo-PR;

2015 - Recebeu voto de aplausos pela Câmara Municipal de Araçatuba;

2016 – 2ª classificada no Concurso Nacional de contos Cidade de Araçatuba;

2016 - Classificada no X CLIPP - concurso literário de Presidente Prudente Ruth Campos, categoria poesia.

2016 - 3ª classificada na AFEMIL- Concurso Nacional de crônicas da Academia Feminina Mineira de Letras;

2012 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - 13ª classificada no TOP 35, na 4ª semana de abril de microconto Escambau;

2017 - Classificada no 7º Concurso de microconto de humor de Piracicaba.

2017 - 24ª classificada no TOP 35, na 2ª semana de outubro de microconto Escambau;

2017 - 15ª classificada no TOP 35, na 3ª semana de outubro de microconto Escambau;

2017 - 1ª classificada no concurso de Poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2017 - 11ª classificada no TOP 35, na 4ª semana de outubro de microconto Escambau;

sexta-feira, 4 de julho de 2008

PICADURA DE MOSQUITO

Onde já se viu ?! Nós, seres humanos, tão evoluídos, entregarmos o planeta nas asas dos mosquitos. Eu já peguei. Todos, na minha casa, pegaram. Os meus vizinhos também sentiram a dor que a picadura do mosquito causa. Se você ainda não pegou, vai pegar. Não estou lhe rogando praga. A praga está no ar, armados de corpo e asas pra poder nos picar.
Onde já se viu ?! Inseto safado! Safa-se de veneno e repelente. O bicho é pequeno, mas é mais esperto do que muita gente. É um monstro que voa raso, adora água parada. Tem gente que colabora com ele. Isso não é um atraso? É mestre no que faz. Competente, não erra o alvo. Com a sua ‘picadura’ não deixa ninguém a salvo.
Onde já se viu!? Nos derruba, nos faz adoecer. Rouba-nos o paladar, as forças e a vontade de viver. Virou deus. Mosquito ordinário! Cresceu às vistas do homem. Nos colocou de joelhos e a ele dizemos amém.
Aedes Aegypti que estais no ar. Santificada seja vossa picadura que vem ao nosso corpo e por longo tempo dura. Faça-nos vosso reino, SPA, hotel, privada . Oh, querida majestade! Deslize em nós, de corpo e asas e faça-nos conforme vossa vontade. Água limpa de cada dia vos damos hoje, amanhã e todos os dias. Penduramos as nossas chuteiras, luvas, armas e a consciência assim como, despenduramos nossas medalhas e vos entregamos o troféu. Vencestes, pois. Não nos deixeis cair em tentação de vos dar um tapa se vierdes repousar em nossa carne fraca. Assim seja , nesta peleja. Amém
Ele dita o terço no rosário que a gente tem. A cada oração ele prolifera.
Onde já se viu ? Mosquito maior que o homem. Somente no planeta Terra.

Nenhum comentário: