CLASSIFICAÇÕES EM CONCURSOS LITERÁRIOS

PREMIAÇÕES LITERÁRIAS

2007 - 1ª colocada no Concurso de poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2010 - Menção Honrosa no Concurso Nacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2012 - 2ª classificada no Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2014 – Menção honrosa Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2015 – Menção honrosa no V Concurso Nacional de Contos cidade de Lins;

2015 - PRIMEIRA CLASSIFICADA no 26º Concurso Nacional de Contos Paulo Leminski, Toledo-PR;

2015 - Recebeu voto de aplausos pela Câmara Municipal de Araçatuba;

2016 – 2ª classificada no Concurso Nacional de contos Cidade de Araçatuba;

2016 - Classificada no X CLIPP - concurso literário de Presidente Prudente Ruth Campos, categoria poesia.

2016 - 3ª classificada na AFEMIL- Concurso Nacional de crônicas da Academia Feminina Mineira de Letras;

2012 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - 13ª classificada no TOP 35, na 4ª semana de abril de microconto Escambau;

2017 - Classificada no 7º Concurso de microconto de humor de Piracicaba.

2017 - 24ª classificada no TOP 35, na 2ª semana de outubro de microconto Escambau;

2017 - 15ª classificada no TOP 35, na 3ª semana de outubro de microconto Escambau;

2017 - 1ª classificada no concurso de Poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2017 - 11ª classificada no TOP 35, na 4ª semana de outubro de microconto Escambau;

sábado, 4 de agosto de 2012

PARTIDA : escritora Rita Lavoyer lança seu primeiro livro de poesias

1. http://www.folhadaregiao.com.br/Materia.php?id=301947



'Partida': escritora Rita Lavoyer lança seu primeiro livro de poesias

TALITA RUSTICHELLI

Sexta-Feira - 03/08/2012 - 09h51



Em seu mais recente trabalho, a escritora auriflamense Rita Lavoyer, 45 anos, inseriu marcas autobiográficas fortes. O livro "Partida" - seu primeiro de poesias - traz cerca de 65 textos, a maioria fruto de acontecimentos pessoais de diferentes fases. Fases pelas quais ela afirma transitar, às vezes, em um mês ou em um dia. Como numa catarse, a obra é publicada não só para registrar fatos diversos de sua vida, mas também realizar um rito de passagem. O livro será lançado amanhã, em Araçatuba.

São 117 páginas que relatam reflexões, homenagens à família e à cidade, angústias, ou seja, tudo o que cerca a escritora. Períodos turbulentos, tênues e também reveladores a fizeram escrever cada um dos poemas, alguns com rima, outros sem, alguns com versos regulares, outros com versos livres. Para isso, dividiu a obra em cinco capítulos. O primeiro, "Éter", segundo ela, tem relação com a coragem, metaforicamente buscada na substância para poder partir em seu caminho. Ele introduz o próximo capítulo, "Alucinação", relativo aos efeitos do éter, com rumos incertos.

Em seguida, "Devaneios" traz alguns poemas fora da realidade, de alguém que anda em círculos. Mas em "Euforia" é que todo o processo começa a ser visto de forma menos densa e mais feliz. "São poesias carnais, que revelam a parte mulher, em que me vejo como esposa, mãe e filha", diz. E no último capítulo, "Volátil", é quando a poeta consegue pousar e colocar os pés no chão, cair na realidade. Como observa, a obra traz poemas que ela diz detestar pelo assunto que abordam, mas crê que foram necessários. Ver mais no site acima.

2 comentários:

Cidadão Araçatuba disse...

Boa sorte no lançamento do livro. Náo poderei comparecer, e desde já agradeço o convite. Onde o livro estará a disposição para aquisição e quanto custará?
Abração

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Mas você não para de lançar livros, Rita... é mais uma obra fadada ao sucesso, com certeza. Meus parabéns, amiga.