CLASSIFICAÇÕES EM CONCURSOS LITERÁRIOS

PREMIAÇÕES LITERÁRIAS

2007 - 1ª colocada no Concurso de poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2010 - Menção Honrosa no Concurso Nacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2012 - 2ª classificada no Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2014 – Menção honrosa Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2015 – Menção honrosa no V Concurso Nacional de Contos cidade de Lins;

2015 - PRIMEIRA CLASSIFICADA no 26º Concurso Nacional de Contos Paulo Leminski, Toledo-PR;

2016 – 2ª classificada no Concurso Nacional de contos Cidade de Araçatuba.

2016 - Classificada no X CLIPP - concurso literário de Presidente Prudente Ruth Campos, categoria poesia.

2016 - 3ª classificada na AFEMIL- Concurso Nacional de crônicas da Academia Feminina Mineira de Letras.

2012 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura


sexta-feira, 28 de março de 2014

ELAS MERECEM - CANTORAS FAMOSAS- Para Duxtei e Rose Sousa




ELAS MERECEM!

 

Nunca é demasiado tarde, quando precisamos elogiar o que necessita ser elogiado.

No sábado, 22/03, voltamos para casa, meu esposo e eu, encantados com o que assistimos no Teatro Paulo Alcides Jorge, em Araçatuba.

O show “Cantoras Famosas” extrapolou nossas expectativas, pois saímos de casa confiantes de que assistiríamos a um espetáculo de grandeza sem igual.

Duxtei, com a sua irreverência,  dizendo que estava apenas fazendo teatro, encantou-nos, uma vez que  estava a fazer teatro mesmo. Não é, pois, esse o ofício do artista sobre um palco que o espera? Abrilhantou dando vida ao palco com o brilho que lhe é peculiar: o de estrela. Cantou e dançou o seu canto e a sua dança. Tudo o que ela cantou era dela. Exclusivamente dela!  O bailado era dela. Sem tirar nem pôr um passo em falso a mulher,   com sua  silhueta esguia,  desenhava  uma performance harmoniosa fazendo-nos, sua plateia, seu par.  Extasiada, correspondi. Duxtei é UMA ARTISTA FAMOSA.

Com a Rose não houve lágrimas que parassem  nos olhos. Chorei!  Chorei  de emoção com aquela potência de voz penetrando meus sentidos, despertando-os  para uma ânsia de: -  queremos mais, quero a próxima  canção!  “Quem é bom já nasce feito”  é um ditado que ouvia da minha professora. Criança, eu discordava daquela mulher sem, sequer, saber naquela época o que vinha  a ser “relativo”. Entendi, sábado, 22/03, o que vem a ser ABSOLUTO.  Rose, a cantora araçatubense é o que melhor podemos trazer como exemplo desse adjetivo. Trago ainda o perfume da sua voz  a pulsar-me o sentimento. Rose é UMA ARTISTA FAMOSA.

Não perderia a oportunidade de extravasar esta minha satisfação que tão bem me fez e ao meu esposo na mesma proporção.

Tomo a liberdade de agradecer aos patrocinadores do espetáculo em nome dos araçatubenses, pois creio: não houve um espectador que tenha saído  indiferente àquelas artes criadas por tão competentes artistas.

Ainda que crítica não seja, mas de intuições afloradas, afirmo, sem sombra de dúvidas, que as cantoras homenageadas reviveram para assistirem à essas duas talentosas tão ímpares, tão elas, tão artes, tão cantoras, tão famosas:   

Tão Duxtei!

Tão Rose!

Elas merecem - essas sim, são nossas CANTORAS FAMOSAS !

Araçatuba está bem servida!! 

Autoria – Rita Lavoyer

Nenhum comentário: