CLASSIFICAÇÕES EM CONCURSOS LITERÁRIOS

PREMIAÇÕES LITERÁRIAS

2007 - 1ª colocada no Concurso de poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2010 - Menção Honrosa no Concurso Nacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2012 - 2ª classificada no Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2014 – Menção honrosa Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2015 – Menção honrosa no V Concurso Nacional de Contos cidade de Lins;

2015 - PRIMEIRA CLASSIFICADA no 26º Concurso Nacional de Contos Paulo Leminski, Toledo-PR;

2015 - Recebeu voto de aplausos pela Câmara Municipal de Araçatuba;

2016 – 2ª classificada no Concurso Nacional de contos Cidade de Araçatuba;

2016 - Classificada no X CLIPP - concurso literário de Presidente Prudente Ruth Campos, categoria poesia.

2016 - 3ª classificada na AFEMIL- Concurso Nacional de crônicas da Academia Feminina Mineira de Letras;

2012 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - 13ª classificada no TOP 35, na 4ª semana de abril de microconto Escambau;

2017 - Classificada no 7º Concurso de microconto de humor de Piracicaba.

2017 - 24ª classificada no TOP 35, na 2ª semana de outubro de microconto Escambau;

2017 - 15ª classificada no TOP 35, na 3ª semana de outubro de microconto Escambau;

2017 - 1ª classificada no concurso de Poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2017 - 11ª classificada no TOP 35, na 4ª semana de outubro de microconto Escambau;

sábado, 11 de outubro de 2014

Casinha de papéis



CASINHA DE PAPÉIS - Rita Lavoyer

Eu construí uma casinha com vários papéis de chocolate diet.

Ela ficou tão magrinha, tão levinha, que eu precisei prender a respiração

 para entrar dentro dela.

Antes de atravessar a porta para entrar na minha casinha,

não aguentei   e soltei o ar.

Aff!  Soltei por baixo.

Hum... o cheiro não estava tããão   ruim...

Comecei  novamente: prendi a respiração e ...

Foi com força. Muita força!

Eu tentei, mas não consegui segurar!

O ar que saiu derrubou a minha casinha

porque ela era magrinha e levinha...

A minha respiração levou a minha casinha  embora.

Ela voa, voa... faz coreografia balanceada no ar.

Voa, casinha de papéis de chocolate diet! Voa! Vire asas no mundo!

Autoria -  Rita Lavoyer

Um comentário:

Célia Rangel disse...

Casinhas diet ou light... bom seria mesmo que tivessem asas para transportar o mundo das ideias!
Abraço criança para você, Rita!