CLASSIFICAÇÕES EM CONCURSOS LITERÁRIOS

PREMIAÇÕES LITERÁRIAS

2007 - 1ª colocada no Concurso de poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2010 - Menção Honrosa no Concurso Nacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2012 - 2ª classificada no Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2014 – Menção honrosa Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2015 – Menção honrosa no V Concurso Nacional de Contos cidade de Lins;

2015 - PRIMEIRA CLASSIFICADA no 26º Concurso Nacional de Contos Paulo Leminski, Toledo-PR;

2016 – 2ª classificada no Concurso Nacional de contos Cidade de Araçatuba.

2016 - Classificada no X CLIPP - concurso literário de Presidente Prudente Ruth Campos, categoria poesia.

2016 - 3ª classificada na AFEMIL- Concurso Nacional de crônicas da Academia Feminina Mineira de Letras.

2012 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura


quinta-feira, 15 de outubro de 2015

ANASTOMOSE CEFALOSSOMÁTICA



 Achei esse tema a coisa mais linda  do mundo. O homem não tem mais para onde correr, e quanto mais corre para acertar, mais o danado descobre uma maneira de acertar mesmo.
 Vou te contar, viu! 
Quando li o artigo no Jornal Folha da Região, 10/10, debrucei-me sobre ele e o reli sentindo-me uma voluntária para o feito.  


Postei no face esta observação:


Já me coloco à disposição para ser doadora de cabeça. ANASTOMOSE CEFALOSSOMÁTICA- Artigo Folha da Região, por dr. Roelf Cruz Rizzolo .


Coloco-me na fila de doadora de cabeça, quando o meu corpo desfalecer, para que continuem vivas minhas ideias, minha criatividade, meus sonhos, meu sentir e consequentemente... para que o meu agir não sucumba sob uma lápide a ocupar espaço no mundo, atrapalhando-o.

Quero minha cabeça num corpo cujos braços sejam flexíveis e se estendam sempre que necessário. Quero minha cabeça num corpo cujas pernas não se neguem a levá-la aos lugares onde desejar ir para se sentir bem. Quero minha cabeça num corpo cujos olhos vejam além dos horizontes externo e interno.

 Quero minha cabeça num corpo cuja boca beije, elogie, abençoe e saiba se calar antes de denegrir o próximo sem saber dele as razões. Quero minha cabeça num corpo cujos órgãos não experimentaram as drogas que assassinam. Quero minha cabeça num corpo que tenha um coração igualzinho o que ainda tenho : capaz de se apaixonar mesmo quando minha cabeça e meu corpo não existirem mais. Sou doadora declarada de coração.

Muito gentilmente, o doutor  Roelf escreveu este comentário na minha postagem: “Hahaha, doadora de cabeça não, acho que é receptora de corpo”.

Para incrementar a engenhoca o Poeta das Multidões, Heitor Gomes,   lascou o comentário dele:  “Tomara que o José Hamilton Brito não doe sua cabeça a ninguém. Seria uma desgraça.. amém!!!”

Acabei fazendo suposições para fugir do clichê berrante que eu postei,  entendendo  aonde a ciência pode chegar,  já vislumbrando  essa possibilidade.  Vamos supor que corpos sejam doados para certas cabeças, tomando por base o exemplo do Heitor Gomes:

A cabeça do Heitor Gomes no corpo de uma cegonha : Resultado:  ninguencopula minhamaezona. 

A cabeça do José Hamilton Brito no corpo do Heitor Gomes. Resultado:  ergoessamassassomática  - Mirto fricote deixará de tomar  Viagra.

A cabeça do Ventura Picasso no corpo da deputada pornô italiana Cicciolina. Resultado: hum...posso pensar? Já sei: Nada de anastamose!

O corpo do brasileiro com a cabeça  do José Dirceu. Resultado: aliteração aglutinada cacofônica - tamotomanunotoba .

A cabeça do Geraldo Alckmin no corpo do professor.  Resultado :sem educação – tomanopau namassacefálica.

O corpo da Dilma Bolada na cabeça do deputado Tiririca. Resultado: Tiririncefalotrombada.

A cabeça da presidenta no corpo do Aécio Neves . Resultado: anencefabostassomática.

A cabeça do Lula no corpo do Eduardo Cunha. Resultado: cleptotasmose – roubo na certa

A cabeça do Cunha no corpo do Lula. Resultado:  assalto da mafiassomática

A cabeça de um bacalhau no corpo do Lula: moluscofidumassomática - que  nunca viu nem sabe de nada.

A cabeça da Roberta Close no corpo do depto Jair Bolsonaro. Resultado: eu vou morrer de rir dessa anustamose a mostra!

Corpo de qualquer anão  com  a cabecinha da Xuxa.  Resultado: só pra baixinhos, mas agora, baixinhos velhinhos:  anostrombose .

A ciência é magnífica, e sua mais recente descoberta: a terapia  ridozotro ,  prova que não é ‘buli’ , se o ”... zotro”  for  o politicíssimo somaroubante  e seus cruéis métodos antiéticos de  massacrar o  povofudado.  

Mas ciência boa mesmo é conseguir transformar motivo de choro em  risada até não poder mais; e está na maiêuticaironia  a arte de parirmos essas figuras que eu criei a ponto de o doutor Moreau fugir do conforto da sua ilha.  Amém!

Parabéns e muito obrigada doutor Roelf Cruz pela oportunidade de ter acesso a um artigo de tamanha excelência.





Um comentário:

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Caramba, isso dá possibilidades infinitas! E você, Rita, com sua engenhosidade, não poderia deixar por menos. Muito bom!