CLASSIFICAÇÕES EM CONCURSOS LITERÁRIOS

PREMIAÇÕES LITERÁRIAS

2007 - 1ª colocada no Concurso de poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2010 - Menção Honrosa no Concurso Nacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2012 - 2ª classificada no Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2014 – Menção honrosa Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2015 – Menção honrosa no V Concurso Nacional de Contos cidade de Lins;

2015 - PRIMEIRA CLASSIFICADA no 26º Concurso Nacional de Contos Paulo Leminski, Toledo-PR;

2016 – 2ª classificada no Concurso Nacional de contos Cidade de Araçatuba.

2016 - Classificada no X CLIPP - concurso literário de Presidente Prudente Ruth Campos, categoria poesia.

2016 - 3ª classificada na AFEMIL- Concurso Nacional de crônicas da Academia Feminina Mineira de Letras.

2012 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - 13ª classifica no TOP 35 na 4ª semana de abril de microconto Escambau.

2017 - Classificada no 7º Concurso de microconto de humor de Piracicaba.


sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

AMANHÃ E HOJE



Hoje eu não vou ficar triste, porque eu sei que amanhã vou ficar bem alegre.

Sei que há um menino com cabelos da cor de mundo, igual a plantação de gente, que virá sempre visitar-me. Como eu sou uma raposa, o meu amigo não, ficarei feliz amanhã, porque eu sei que ele estará sempre presente.

Amanhã é a continuação do hoje para quem tem um amigo, ainda que num campo de guerra. Nosso relógio não registra o tempo passando, registra apenas a nossa união. Rita Lavoyer

5 comentários:

Ventura Picasso disse...

Escrevo hoje pra vc ler amanhã, mesmo porquê, sei que vc quer saber se alguém ligou pro teu conto.
Sabe da última?
Eu liguei e até agora só eu liguei...
Liguei, gostei e voltarei a ligar!
A mamãe não mandou. Fiz tudo sozinho; viu!

Gladston disse...

Ficar triste amanhã e não hoje, é a melhor opção para um bem-estar efetivo ... você estará liberando energia positiva o tempo todo.
A criança que compôs esse poema tinha um auto controle, de sua mente, incomensurável !

Rita Lavoyer disse...

Olá senhor Gladston! Prazer recebê-lo em meu blog.
O texto do menino diz isso mesmo "Ficar triste amanhã".
O meu é diferente.
Aliás, eu recebi esse cartão de um grande amigo.

HAMILTON BRITO... disse...

Então, ao contrário do amor que, segundo o poetinha,é eterno enquanto dura , que a nossa união atravesse o tempo e o tempo além do tempo, atravessando o infinito , que se for finito, termine nos braços Dele.

Edislene Ferreira disse...

isso... triste só amanhã....
e...
o ventou levou a tristeza de hoje... e ...
amanhã presente,
alegrias presentes
..
Parabéns.. amiga
sucesso
edislene