CLASSIFICAÇÕES EM CONCURSOS LITERÁRIOS

PREMIAÇÕES LITERÁRIAS

2007 - 1ª colocada no Concurso de poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2010 - Menção Honrosa no Concurso Nacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2012 - 2ª classificada no Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2014 – Menção honrosa Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2015 – Menção honrosa no V Concurso Nacional de Contos cidade de Lins;

2015 - PRIMEIRA CLASSIFICADA no 26º Concurso Nacional de Contos Paulo Leminski, Toledo-PR;

2016 – 2ª classificada no Concurso Nacional de contos Cidade de Araçatuba.

2016 - Classificada no X CLIPP - concurso literário de Presidente Prudente Ruth Campos, categoria poesia.

2016 - 3ª classificada na AFEMIL- Concurso Nacional de crônicas da Academia Feminina Mineira de Letras.

2012 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - 13ª classifica no TOP 35 na 4ª semana de abril de microconto Escambau.

2017 - Classificada no 7º Concurso de microconto de humor de Piracicaba.


domingo, 21 de outubro de 2012

Estudante processa Facebook

2 comentários:

Larissa Matarésio disse...

O que as pessoas têm que entender, é que a internet não é como um serviço postal super avançado. Tudo que se faz na internet fica registrado, não é só no facebook. Quando você posta uma mensagem, manda um e-mail, coloca um texto em um blog aquilo se torna permanente, porque essa é uma das características da internet, tudo fica registrado. Quando você faz algo na internet, esse "algo" gera um código dentro de um software e isso é permanente e ponto. E outra, a partir do momento em que você assina um termo de uso de um programa como o facebook, você está concordando com as diretrizes dele, se está na cláusula que eles têm acesso a isso, então eles terão acesso e ponto. Quer algo que pode ser apagado, queimado, borrado, rasgado, então volte à remessa postal, o que aliás nem é tão garantido assim. Como dizia Cássia Eller: "tava com cara que carimba postais, que por descuido abriu uma carta que voltou..." (E.C.T.)

Rita Lavoyer disse...

Obrigada pela aula, Larissa!