CLASSIFICAÇÕES EM CONCURSOS LITERÁRIOS

PREMIAÇÕES LITERÁRIAS

2007 - 1ª colocada no Concurso de poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2010 - Menção Honrosa no Concurso Nacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2012 - 2ª classificada no Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2014 – Menção honrosa Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2015 – Menção honrosa no V Concurso Nacional de Contos cidade de Lins;

2015 - PRIMEIRA CLASSIFICADA no 26º Concurso Nacional de Contos Paulo Leminski, Toledo-PR;

2016 – 2ª classificada no Concurso Nacional de contos Cidade de Araçatuba.

2016 - Classificada no X CLIPP - concurso literário de Presidente Prudente Ruth Campos, categoria poesia.

2016 - 3ª classificada na AFEMIL- Concurso Nacional de crônicas da Academia Feminina Mineira de Letras.

2012 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - 13ª classifica no TOP 35 na 4ª semana de abril de microconto Escambau.

2017 - Classificada no 7º Concurso de microconto de humor de Piracicaba.


sexta-feira, 19 de agosto de 2011

AMIGO AMOR


Ah, amigo Amor, eu não te agradeço por nada.
Melhor seria se tivesses partido
Antes de despertares a minha libido
Por quem fui , de súbito, abordada.

Ah, meu Amor, passaste a Paixão tão lasciva
Correste minhas veias em pólvora
Deixando rastros que queimam, ainda agora
Afrontaste teu projétil na glândula da minha ogiva.


Se puxarmos o elo tudo explode
Te cravarão, Amor, os meus estilhaços
Rompendo-te em fragmentos para uma ode.

Ela te louvará, amigo, pelos espaços
Das quadras que regenera e acode
Versarei com a inimiga Paixão o lirismo dos teus traços.


Rita Lavoyer


PÁGINA DA FONTE DE IMAGENS: http://obviousmag.org/archives/2007/12/uma_entrevista.html

6 comentários:

Evanir disse...

Nem somando todas as minhas dúvidas e incertezas
não deixarei de seguir sempre em frente.
Não é duvidas que trago no meu coração,
mais uma convicção de que vencerei todos os obstaculos
que hoje paresse não ter fim.
Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem
perder o que temos de melhor em nós a fé
,,bem maior que temos em nossas vidas.
E isso não vou perder nunca.
Hoje só quero deixar muito amor e carinho
pois você mereçe tudo de bom
nessa vida.
Estarei aqui sempre que Deus me permitir
você tem contribuido para que
a cada dia me sinta mais forte.
Creio posso viver melhor
e muito mais feliz com seu carinho.
Deus abençoe seu final de semana beijos no coração,Evanir.
Muita paz no coração.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Se queremos progredir, não devemos repetir a história,
mas fazer uma história nova.(Mahatma Ghandhi)

Marianice Paupitz Nucera disse...

O amor é para ser vivido, eu amo o amor, o vemos em cada atitude em cada gesto. Seus versos dizem de um amor que aconteceu,mas parece arrependido, antes não tivesse acontecido. Se não aconteceu, não é amor. O amor é a essencia da alma apaixonada, mesmo sem esta intenção, ele é subjutivo,incoerente, sem nexo, sem porque, ele e apenas o amor.
O amor é algo que não se pega, mas se sente. O amor é permanente, ele vai em todas as direçoes e caminha junto com a humanidade.

Célia disse...

Que lindo! Provocantemente belo! À medida que se lê seu poema vaga-se na imaginação dos afetos concebidos e doados na intensidade pura de um grande amor! Amei!
Abraço, Célia.

Jorge Sader Filho disse...

E dá-lhe Rita, pisa fundo, pois de amor ninguém corre ou tem medo!

Carinho,
Jorge

Zilda Santiago disse...

Muito lindo amiga!!!Tem sorteio no blog.Participe comentando na postagem dos 500 seguidores e concorra a uma livro a sua escolha no valor de até $100,00
Bjs na alma.

HAMILTON BRITO... disse...

Do amor ninguém corre ou tem medo?
Sei não.....