CLASSIFICAÇÕES EM CONCURSOS LITERÁRIOS

PREMIAÇÕES LITERÁRIAS

2007 - 1ª colocada no Concurso de poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2010 - Menção Honrosa no Concurso Nacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2012 - 2ª classificada no Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2014 – Menção honrosa Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2015 – Menção honrosa no V Concurso Nacional de Contos cidade de Lins;

2015 - PRIMEIRA CLASSIFICADA no 26º Concurso Nacional de Contos Paulo Leminski, Toledo-PR;

2016 – 2ª classificada no Concurso Nacional de contos Cidade de Araçatuba.

2016 - Classificada no X CLIPP - concurso literário de Presidente Prudente Ruth Campos, categoria poesia.

2016 - 3ª classificada na AFEMIL- Concurso Nacional de crônicas da Academia Feminina Mineira de Letras.

2012 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura


terça-feira, 31 de dezembro de 2013

2014, Venha!

O ÚNICO ANO QUE NÃO COMPLETA EXATAMENTE UM ANO É ELE MESMO, SEMPRE TERMINA NA VÉSPERA.



O ANO É UM NATIMORTO ESPERTO, NASCE COM A CERTEZA DE QUE NÃO CHEGARÁ À PRIMEIRA INFÂNCIA. ELE TERMINA AINDA NO SEIO DO DIA A DIA.


O ENCERRAMOS, DEIXANDO-O PARA TRÁS COM AS GOTAS DO LEITE ESCORRENDO POR SUA BOCA FAMINTA POR FICAR.


NA SUA PRIMEIRA PRIMAVERA JÁ FAZEM PLANOS PARA O OUTRO PORVIR, QUERENDO-O ENCERRADO. AGUENTAR UM ANO, ESGOTA.


ANO, VOCÊ É O CULPADO DE TUDO, DE TUDO MESMO.


NOS ENCONTROS ACONTECIDOS, NAS SEPARAÇÕES DESEJADAS E NAS NÃO DESEJADAS. NOS SONHOS REALIZADOS, DESREALIZADOS, INCOMPLETOS E O RESTINHO DO QUE FOI IMPOSSÍVE ACABAR EM VOCÊ, QUEREMOS COMPLETAR NO NOVO, QUE JÁ ESTÁ BATENDO NA MINHA PORTA. MAS NÃO EM VOCÊ, LERO LERO KKKKK!


ANO, QUER SABER DE UMA COISA? NÃO ME ENGANA MAIS NÃO, SEI QUE VOCÊ SÓ MUDA DE ROUPA, PARA UMA NUMERAÇÃO MAIOR, MAS DENTRO DE VOCÊ, VOCÊ CONTINUARÁ O MESMO.


VOCÊ É MANIPULADO, SOU EU QUE O MANIPULO COM AS CORDAS DA MINHA SINFONIA.


DANCE, ANO, DANCE, QUE QUEM TOCA A MÚSICA SOU EU, NOS INSTRUMENTOS QUE ESTÃO AO MEU ALCANCE.


PROMETO QUE ADQUIRIREI OUTROS, MAIS SINFÔNICOS QUE OS QUE EU TOQUEI ATÉ AGORA. FAREI DE VOCÊ, ANO, AMANHÃ, UM PAR GOSTOSO PARA DANÇAR COMIGO.


DANÇA COMIGO, ANO. DANÇA?!



ANO, MEU GRANDE AMIGO ANO, SABER ESPERAR É UMA DÁDIVA. EMBORA EU SAIBA QUE VOCÊ ESTARÁ SEMPRE ATRÁS DE MIM , NÃO ME LARGARÁ JAMAIS, SERÁ A MINHA SOMBRA MESMO QUANDO NÃO HOUVER O SOL SOBRE A MINHA CABEÇA, ESTARÁ SEMPRE ATRÁS DE MIM, ANO.



A ÚNICA CERTEZA DE VOCÊ, 2014, É QUE VOCÊ SERÁ 2014. MUDÁ-LO, DEPENDERÁ SOMENTE DE MIM, COMO 2013, 2012, 2011, 2010...


EU TE AMO, ANO 2014, SEM TRAIR O 2013.


E COMO TODOS OS QUE AMAM, APRONTAM MUITAS E BOAS, NÃO PODEREI SER DIFERENTE.



RITA LAVOYER

6 comentários:

Célia disse...

Obrigada Rita, pelo desejo de um ano bom para nós! Que nossos projetos, saúde, se processem com a maior da dignidade vital possível! Abração da Célia.

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Adorei esse seu texto sobre 2012. Você encontrou um viés diferente de falar sobre o mais surrado dos assuntos, passando longe da pieguice (a maior armadilha quando o assunto é esse). Só podia ser Rita Lavoyer. Um beijo, parabéns e aquele 2012 pra você.

Genny Xavier disse...

Querida Rita,

É bom retornar por aqui e me deparar com suas palavras criativas e sinceras sobre a chegada de 2012...
Desculpo-me por andar distante deste seu espaço que emana expressividade, cidadania e talento...
Que este novo ciclo dos seus dias traga a realização dos sonhos possíveis e dos projetos realizáveis.
Paz e Alegria,
Genny

P.S. Agradeço seu carinho e atenção com o meu "Baú de Guardados"

Helcio Almeida disse...

Grandes constatações RitaE. E o pior é que as repetimos sempre com renovadas esperanças. Para não fugir disso, Feliz Ano Novo para você e os seus.
Beijo
Helcio

Lucélia Muniz França disse...

O nosso caminho é feito
Pelos nossos próprios passos...
Mas a beleza da caminhada...
Depende dos que vão conosco!
E neste ciclo do "ir" e "vir"
O tempo passa... e como passa!
Os anos se esvaem...
E nem sempre estamos atentos ao que
Realmente importa.
Deixe a vida fluir
E perceba entre tantas exigências do cotidiano...
O que é indispensável para você!
UM FELIZ ANO NOVO!

Um abraço!
Lucélia Muniz.

http://www.luceliamuniz.blogspot.com.br/

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Nunca vi tanta sinceridade em relação ao ano novo. Disse tudo, Rita! Um beijo e feliz 2014.