CLASSIFICAÇÕES EM CONCURSOS LITERÁRIOS

PREMIAÇÕES LITERÁRIAS

2007 - 1ª colocada no Concurso de poesia "Osmair Zanardi", promovido pela Academia Araçatubense de Letras;

2010 - Menção Honrosa no Concurso Nacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2012 - 2ª classificada no Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2014 – Menção honrosa Concurso Internacional de Contos Cidade de Araçatuba;

2015 – Menção honrosa no V Concurso Nacional de Contos cidade de Lins;

2015 - PRIMEIRA CLASSIFICADA no 26º Concurso Nacional de Contos Paulo Leminski, Toledo-PR;

2016 – 2ª classificada no Concurso Nacional de contos Cidade de Araçatuba.

2016 - Classificada no X CLIPP - concurso literário de Presidente Prudente Ruth Campos, categoria poesia.

2016 - 3ª classificada na AFEMIL- Concurso Nacional de crônicas da Academia Feminina Mineira de Letras.

2012 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura

2017 - Recebeu o troféu Odete Costa na categoria Literatura


sábado, 25 de janeiro de 2014

Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto . Tragédia de Santa Maria


 27 de janeiro é o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.

No dia 27 de janeiro de 1945 - os campos de concentração nazistas Auschwitz e Birkenau, na Polônia,  foram liberados pelas tropas soviéticas. Mais de  1,5 milhão de pessoas, incluindo 1 milhão de judeus,  foram exterminadas nesses  campos.

Aqui o meu silêncio por tantos irmãos que foram exterminados, vítimas de preconceitos de todas as espécies, inspirados pelo ódio, perseguidas pelos nazistas e seus apoiadores: a maior desgraça da humanidade, a vergonha da raça humana, que assassinaram milhões de adultos e crianças nas câmaras de gás, entre outras formas igualmente cruéis para promover o plano de genucídio na Alemanha nazista.

No dia 27 de janeiro de 2013, na cidade de Santa Maria, no interior do Rio Grande do Sul, morreram 242 pessoas na Boate Kiss e 116 ficaram feridas. Segundo laudos os jovens morreram pela inalação e substância toxica: o cianeto. 

Aqui o meu silêncio pelas vítimas, seus familiares e seus amigos.

Coincidência ou não, a grande maioria dos jovens que morreram trazia sobrenomes de descendência alemã.

No dia 27 de janeiro de 1977 é reafirmado, pelo Vaticano, a proibição pela Igreja Católica de que mulheres se tornassem padres.

Pergunto: se durante o Holocausto, mulheres estivessem à frente da igreja católica, os alemães e seus apoiadores seguiriam protegidos, como foram pelos homens da igreja católica? Será que uma, pelo menos, Santa Maria à frente da igreja não lutaria, ainda que perdendo a vida, para salvar os seres humanos que à igreja competia proteger?

27 de janeiro é o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.

Não é data de comemoração, mas assunto para reflexão todos os tempos. 

O meu silêncio.

Não aplaudo (silêncio) Wolfgang Amadeus Mozart, que nasceu em 27 de janeiro de 1756. Mas o parabenizo com o meu silêncio.
Silêncio!

Rita Lavoyer

4 comentários:

Célia Rangel disse...

No silêncio orante buscamos respostas para cegueiras crônicas da nossa sociedade.
Silencio-me também...

Ventura Picasso disse...

Oi Rita essa história da igreja católica contem várias negociações. Pio XII não abria o bico contra o holocausto e em troca os alemães não perseguiam os cristãos (católicos). No entanto, sabe-se que muitos padres e freiras trabalharam arduamente para salvar todos que eram alvos da fúria assassina da Gestapo. É bom lembrar que na epoca do inicio da II guerra, Mussolini transformou o Vaticano em Estado, negocio que cobrou de Pio XII visitas a todos os chefes de estado dos países europeus. E muitos outros segredinhos muito bem guardados.

Rita Lavoyer disse...

Sim, Célia! Os mais retumbantes gritos estão no silêncio. Nesse, desse instante, à essas vítimas!

Rita Lavoyer disse...

Então, Picasso! Quantos segredos a História ainda guarda, e quantas inverdades a História nos revela?? Quantas descobertas Papa Bento presenciou e, na sua humildade, viu-se tão pequeno diante de tantas barbáries que achou melhor viver recluso. Deus o abençõe e, igualmente ao Francisco.

A eles e às vítimas que aqui eu me refiro o meu mais absoluto respeito.